Gestão de dados: como fazer de maneira correta?

gestão de dados

Uma gestão de dados efetiva evita retrabalho e incidentes críticos para a sua empresa. Os dados são fontes relevantes de informações, de conhecimento organizacional e de segurança.

Manter atualizados os dados da sua empresa é essencial para planejar tarefas e melhorar o resultado financeiro do negócio. Informações confiáveis geram credibilidade e transparência.

Informações oriundas dos dados podem ser úteis para as decisões estratégicas do seu negócio. Para se manter competitivo no mercado, é necessário gerenciar com eficácia o conhecimento da sua organização.

Diante disso, é preciso garantir que as informações do seu negócio estejam sempre consistentes e organizadas. Veja abaixo 5 dicas para uma correta gestão de dados na sua empresa!

1. Descubra as necessidades dos seus clientes

Antes de tudo, é preciso descobrir quais são as necessidades e as exigências do seu público-alvo. O seu negócio deve sempre estar orientado para solucionar os problemas dos seus clientes.

É necessário levantar quais são as informações que os seus clientes precisam extrair dos dados da sua empresa. Ao entender a demanda, os técnicos poderão configurar a infraestrutura de gestão desses dados.

2. Defina quais informações serão armazenadas

Com tudo configurado, os seus clientes poderão alimentá-lo com informações relevantes por meio de formulários web, planilhas eletrônicas ou até mesmo via sistemas mobile.
 
Nome, telefones, emails, endereço, data de nascimento, salário: esses são apenas alguns dos vários campos de informações que podem ser armazenados no seu banco de dados.

Por meio do cruzamento de informações, é possível descobrir tendências e estatísticas sobre o seu negócio. Trata-se da inteligência competitiva!

3. Mantenha os dados sempre atualizado

Informações atualizadas evitam dores de cabeça e decisões incorretas. Imagine cadastrar com 3 zeros a menos os dados de uma transação financeira ou inserir um cliente com o sexo incorreto!

Periodicamente, é recomendável conferir se as informações guardadas estão corretas. Isso evitará inconsistências e anomalias de atualização na sua gestão dos dados.

4. Faça backups diários das informações dos bancos de dados

Rotinas diárias de backup são cruciais para a sobrevivência do seu negócio. Ninguém gostaria de perder acidentalmente todas as informações cadastrais dos clientes da sua empresa, certo? Mas o que é um backup, afinal?

Backups são cópias de segurança dos conteúdos armazenados em um banco de dados. É interessante sempre monitorar se as informações do banco estão sendo transferidos corretamente. 

O período do início da manhã é o mais recomendado para a realização dos backups, pois, nesse horário, poucas pessoas acessam os sistemas da sua empresa — e o tráfego de rede é mais rápido.

5. Proteja as informações para sua gestão de dados

Uma estrutura de dados com informações organizadas e consistentes pode levar meses para ser construído e não pode invadido por hackers. Daí vem a importância da criptografia, do controle de acesso e da gestão de risco.

Armazenar senhas de usuários de forma criptografada é uma maneira de evitar que as informações do banco de dados sejam alteradas indevidamente.

O controle de acesso às tabelas do banco de dados também é importante, pois permite registrar o horário e o login de quem atualizou as informações. Lembre-se: a segurança de sua empresa deve vir em primeiro lugar! 

Com as dicas apresentadas acima, é possível melhorar gradativamente a gestão de dados do seu negócio e otimizar a lucratividade da sua empresa.

Gostou do nosso artigo? Assine a nossa newsletter e fique sempre atualizado com os nossos conteúdos sobre gestão de dados!