Afinal, a computação na nuvem aumenta a produtividade da minha equipe?

computação na nuvem aumenta a produtividade

Um estudo da consultoria IDC aponta que, até o final de 2016, as empresas latino-americanas devem movimentar cerca de US$ 3,6 bilhões em produtos e serviços de computação na nuvem. Os especialistas dizem que este é o ano em que a adoção da nuvem vai “entrar em um modo mais amplo e profundo” na região.

O que faz com que os países da América Latina, mesmo vivendo um momento delicado na economia, sigam implementando a computação em nuvem é a gama de benefícios que ela oferece aos negócios. Um deles é a produtividade das equipes.

É justamente sobre este benefício que vamos conversar ao longo deste artigo. Você vai ver, a seguir, como é possível otimizar os resultados produtivos da sua equipe. Acompanhe!

Computação na nuvem melhora a integração corporativa

Quanto mais integrados estiverem os processos e as informações de uma empresa, maior é a sua produtividade. Isso porque os profissionais ganham tempo quando não precisam consolidar diversas planilhas ou trabalhar com sistemas diferentes nos diversos departamentos, por exemplo.

Acontece que criar esta integração requer muitos investimentos em infraestrutura e sistemas. Com a computação em nuvem, estes gastos são diminuídos significativamente, pois toda a estrutura fica por conta do provedor. Os sistemas podem ser utilizados como serviço (SaaS), via internet.

Computação em nuvem traz mais mobilidade aos profissionais

A computação na nuvem liberta os profissionais das quatro paredes dos escritórios. Com ela, é possível acessar sistemas, imputar, processar e analisar dados onde quer que as pessoas estejam e utilizando qualquer dispositivo (PCs, tablets, notebooks, smartphones), desde que haja conexão com a internet.

Isso significa que um vendedor que vai a campo não precisa esperar voltar para a empresa para adicionar um pedido ao sistema ou enviar a solicitação por e-mail; ele pode fazer isso enquanto está diante do cliente. O mesmo acontece com os líderes, que nem sempre podem estar presos ao escritório.

Maior controle para os gestores

Como a computação na nuvem proporciona escala tecnológica com custos reduzidos, os gestores conseguem ampliar seu poder de controle e análise por meio de sistemas que antes custavam muito e que agora podem ser adquiridos no modelo SaaS.

Da mesma forma, ao acompanhar as atividades dos colaboradores que vão a campo, os gestores também conseguem ter um olhar mais imediatista do que acontece no dia a dia das operações.

 Computação na nuvem eleva a colaboração entre profissionais e equipes remotas

Ao contarem com uma infraestrutura e soluções em nuvem, os profissionais de diferentes departamentos e filiais, inclusive aqueles que trabalham em home office ou em campo, podem colaborar mais entre si. Basta ter as chaves de acesso aos sistemas e trabalhar nos arquivos e documentos, sem precisar fazer cópias separadas. Equipes mais colaborativas tendem a produzir mais e melhor.

Por fim, é importante acrescentar que a computação na nuvem garante mais segurança da informação (os dados ficam seguros nos servidores do provedor), agiliza a comunicação e reduz os custos de TI. Tudo isso também contribui para melhorar a produtividade de uma equipe.

Você já conta com a computação em nuvem? Gostou destas dicas? Acompanhe-nos também no Facebook e no LinkedIn!