Banco de dados: definição, manipulação de dados, tabelas e outras dicas

banco de dados

O gestor de TI tem muitas responsabilidades e precisa estar atento para que os recursos tecnológicos e dados estejam sempre disponíveis para os demais departamentos da empresa. Para isso, é fundamental manter um banco de dados bem administrado e de alta performance.

No post de hoje, explicamos tudo o que você precisa saber sobre os bancos de dados para cumprir o papel de oferecer acesso às informações pelos variados setores da empresa de forma rápida e confiável. Acompanhe!

Definição de banco de dados

Banco de dados são repositórios nos quais os dados são estruturados, indexados e armazenados em arquivos. Eles tornam essas informações mais fáceis de serem encontradas, armazenadas, incluídas e atualizadas.

Consequentemente, viabilizam a criação de sistemas que podem utilizar as informações para gerar relatórios, gráficos, textos — enfim, para diversas análises e trabalhos distintos.

Existem vários tipos de bancos de dados. Como exemplos de um uso mais restrito, temos arquivos utilizados por uma aplicação para conter informações úteis para seu funcionamento, ou os dados em uso por um software com um sistema e planilhas ou CAD.

Já para o armazenamento de dados para uso em um negócio, são utilizados banco de dados relacionais, nos quais os dados são armazenados em tabelas e colunas.

Banco de dados relacionais

O banco de dados relacional é uma ferramenta para organizar dados em tabelas criadas para representar, semanticamente, informações a respeito dos agentes envolvidos em um negócio.

Podemos ter tabelas para armazenar dados de clientes, profissionais que trabalham na empresa, itens em estoque, produtos vendidos — enfim, todos os agentes, pessoais ou materiais que possam ser agrupados em uma mesma categoria, ficam armazenados e uma tabela.

Cada tabela tem colunas correspondentes aos atributos dos itens armazenados nela e um ID que diferencia os elementos entre si, evitando duplicidade. São informações que discriminam os objetos armazenados. Por exemplo, a seguir temos uma tabela de clientes:

 

Id

Nome

Endereço

Telefone

1

Cliente A

Rua das Aroeiras, 45

555- 88822

2

Cliente B

Rua das palmeiras, 78

777 – 2323

3

Cliente C

Rua das Oliveiras, 67

888 – 2121

Uma linha de uma tabela é chamada de tupla. Ela contém um item que representa individualmente um objeto que pode ser um produto, pessoa ou empresa por exemplo. Cada objeto tem um ID que o torna único naquela tabela.

Relacionamento entre tabelas

Quando se faz uma pesquisa no banco de dados, normalmente é necessário buscar em mais de uma tabela simultaneamente para que sejam encontradas informações relevantes para as análises dos dados que estão no banco.

Para isso, as tabelas contêm uma ou mais colunas com um ID de um elemento de outra tabela com a qual se pretende vincular os dados. Como exemplo, temos uma tabela de entregas:

Id

Id_cliente_destinatario

Produto

Data_prevista

1

2

Produto C

2017-03-20

2

2

Produto B

2017-03-27

3

1

Produto G

2017-04-02

 

Nesse caso, a tabela entregas fica vinculada à tabela cliente por meio do atributo Id_cliente_destinatario, que indica o ID do cliente para qual uma entrega será realizada.

Manipulação de dados nas tabelas

A manipulação de dados na tabela se dá utilizando a linguagem SQL (structured query language, ou linguagem estruturada de consultas). Com SQL se fazem todas as operações relacionadas ao uso de banco de dados, como:

  • criação de tabelas;
  • consultas de informações no banco;
  • inserção de dados;
  • atualização das informações presentes no banco;
  • exclusão de dados;
  • operações aritméticas e estatísticas básicas como somatório, distribuição de dados, médias, entre outras.

A interface entre entre um banco de dados e um usuário é feita por meio de um sistema de gerenciamento de dados SGBD, que pode ser de variados tipos e fornecedores, como MYSQL, Oracle ou MySQL server.

Dessa forma, vemos que o banco de dados é uma ferramenta-chave em um empreendimento. Nele ficam armazenadas as informações essenciais para o andamento do negócio de forma a facilitar a realização de análises, a criação de relatórios e diversas atividades que dão sustentação ao andamento de uma empresa.

Quer se manter informado sobre as melhores práticas em TI para manutenção de sua infraestrutura, segurança de suas informações e armazenamento de dados? Assine nossa newsletter e se fique por dentro dos nossos próximos posts!